JOTA QUEST - SONGBOOK

R$ 89,99

Disponibilidade: Em estoque

Código: UMSBJQ

Editora: Neutra

Idioma: Português - Inglês

Autor/Artista: JOTA QUEST

Arranjador: Barral Lima

Instrumento: Violão - Guitarra - Teclado

Formato: Livro - Partitura (Melodia/Acordes e Letras) - 207 páginas / 58 canções

UPC: 9788568620120

Jota Quest lança 1º “song-book” para brindar 25 anos de história musical.

Publicação compila 58 canções do grupo em partituras / cifras / letras.

No repertório, transcrições inéditas para canções de todas as fases da carreira do quinteto, indo de grandes clássicos como “Encontrar Alguém”, “Fácil”, “O Vento”, “Dias Melhores”, “O Que Eu Também Não Entendo”, “Na Moral”, “Só Hoje”, “Amor Maior”, “Do Seu Lado”, “Palavras de Um Futuro Bom”, “Vem Andar Comigo”, “Mandou Bem”, “Dentro de Um Abraço” entre outros; até B-sides selecionados pelos próprios artistas como “Vício”, “A Tarde”, “Sem Sentido”, “Desses Tantos Modos”, “Voltar a Ser Feliz”, “Tanta Mentira”, “Todas As Janelas”, “Celebração do Inútil Desejo”, “Paralelepípedo”, “Entre Sem Bater”, entre outros. Sem esquecer de releituras de grandes clássicos da mpb já incorporados ao repertório do grupo como “As Dores do Mundo”, de Hyldon, e “Tempos Modernos”, de Lulu Santos.

Expoentes da multifacetada geração Rock-Brasil dos anos 90, banda logo se destacaria no cenário por sua mistura peculiar de pop-rock e black-music (funk, disco, soul), com perfumes da mpb-mineira, que aliada a irreverência e carisma irresistível, projetaria o grupo ao sucesso popular, logo nos primeiros álbuns da carreira.
 

Jota Quest lança 1º “song-book” para brindar 25 anos de história musical.

Publicação compila 58 canções do grupo em cifras e partituras inéditas para “violão e voz”.

Reunidas pela primeira vez neste formato, publicação edita grande parte da produção musical do grupo, entre seus grandes sucessos e “lados-b”, em cifras e partituras para o leitor “tocar e cantar junto”, em caprichada publicação que quer aproximar ainda mais o cancioneiro-pop dos mineiros das novas e antigas gerações de músicos e aspirantes.

Com a idealização e produção executiva de Barral Lima, textos do jornalista e crítico musical Mauro Ferreira, cifras e partituras de Guilherme Racanti, “Song Book - Jota Quest”, (Neutra Editora), traz também saborosas curiosidades para fãs “não músicos” da banda, como rascunhos e manuscritos de letras originais, histórias por trás das canções com comentários dos autores, além de recortes e fotos inéditas de shows e bastidores.

“Foi muito interessante poder participar deste 1º “raio-x” técnico de nossa obra e perceber que se trata realmente de uma curiosa construção conjunta, entre cinco integrantes, que vão imprimindo suas identidades ao longo do processo, formando então uma nova: A identidade “Jota Quest”. Chamaria isso de “sinergia”. Talvez, uma banda, seja exatamente isso! Tentamos então, neste livro musical, condensar e simplificar estes códigos e nuances, no intuito de poder compartilhar com todo mundo esta nossa viagem sonora.” comemora Márcio Buzelin, tecladista e compositor do grupo.

No repertório, transcrições inéditas para canções de todas as fases da carreira do quinteto, indo de grandes clássicos como “Encontrar Alguém”, “Fácil”, “O Vento”, “Dias Melhores”, “O Que Eu Também Não Entendo”, “Na Moral”, “Só Hoje”, “Amor Maior”, “Do Seu Lado”, “Palavras de Um Futuro Bom”, “Vem Andar Comigo”, “Mandou Bem”, “Dentro de Um Abraço” entre outros; até B-sides selecionados pelos próprios artistas como “Vício”, “A Tarde”, “Sem Sentido”, “Desses Tantos Modos”, “Voltar a Ser Feliz”, “Tanta Mentira”, “Todas As Janelas”, “Celebração do Inútil Desejo”, “Paralelepípedo”, “Entre Sem Bater”, entre outros. Sem esquecer de releituras de grandes clássicos da mpb já incorporados ao repertório do grupo como “As Dores do Mundo”, de Hyldon, e “Tempos Modernos”, de Lulu Santos.

Expoentes da multifacetada geração Rock-Brasil dos anos 90, banda logo se destacaria no cenário por sua mistura peculiar de pop-rock e black-music (funk, disco, soul), com perfumes da mpb-mineira, que aliada a irreverência e carisma irresistível, projetaria o grupo ao sucesso popular, logo nos primeiros álbuns da carreira.

Com dois Prêmios Grammy-Latinos na estante e diversas passagens pelo palco do Rock in Rio, os mineiros se aproximam agora da incrível marca de 1 bilhão de “vews & plays” no ambiente digital, a partir de registros audiovisuais de seus 9 álbuns de estúdio, 6 registros “Ao Vivo”, singles, parcerias e EPs, além de seu último e aclamado CD/DVD “Acústico Jota Quest - Musicas Para Cantar Junto”.

Com a mesma formação desde os bares e festas universitárias de Belo Horizonte, Márcio Buzelin (Teclados), Marco Túlio Lara (Guitarra), Paulinho Fonseca (Bateria), PJ (Baixo) e Rogério Flausino (voz), seguem juntos e unidos, no palco, na estrada e no estúdio, como uma das mais queridas e produtivas bandas do país.


“Song-Books Mineiros”

“Song Book - Jota Quest” é o 6º lançamento de série especial de livros musicais dedicados a obra de grandes artistas mineiros. Inaugurada em 2013, por Beto Guedes, série já publicou os song-books de Lô Borges (2014), Flávio Venturini (2015), Milton Nascimento (2016) e Pato Fu (2017). A louvável iniciativa é do músico e produtor Barral Lima que, nos últimos 35 anos, produziu, tocou e gravou com quase toda esta “mineirada” querida.