A VOZ QUE CANTA NA VOZ QUE FALA - PEDRO HENRIQUE VARONI DE CARVALHO

Poética e Política na Trajetória de Gilberto Gil
R$ 61,99

Disponibilidade: Em estoque

Código: ATED7188

Editora: Ateliê Editorial

Idioma: Português

Autor/Artista: PEDRO HENRIQUE VARONI DE CARVALHO

Instrumento: Literatura

Formato: Livro / 360 páginas

UPC: 9788574807188

Pedro Henrique Varoni de Carvalho é jornalista e linguista. É Mestre e Doutor em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos e Professor Substituto no Curso de Linguística da Universidade Federal de São Carlos. Pesquisador das relações entre linguagem, discurso e mídia , com ênfase na cultura brasileira. Autor de A Voz que Canta na Voz que Fala: Poética e Política na Trajetória de Gilberto Gil (Ateliê, 2015) e Revista Piauí: Acontecimento no Arquivo de Brasilidade (Edunit, 2014). Atuou durante 25 anos como jornalista em afiliadas da Rede Globo no interior de Minas Gerais e São Paulo, ocupando também o cargo de Diretor de Jornalismo da TV Sergipe e Diretor Geral da EBC - Empresa Brasil de Comunicação . Idealizador e produtor de programas especiais exibidos pelas emissoras Globo, tais como a série "Sertão Paulista"e "São João da Gente.". Integrante dos Grupos de Pesquisa Geminis, Labor e Vox da Universidade Federal de São Carlos.

 

INTRODUÇÃO

DO DOMINGO DO PENSAMENTO AO CORPO MIDIÁTICO

Análise do Discurso e Tropicalismo
A Metáfora no Canto e o Lugar do Poético na Análise do Discurso
Tropicalismo e Arquivo de Brasilidade
Formação / Circulação / Recepção Discursiva: Ler, Ver, Ouvir o Arquivo Hoje
Identidade Tropicalista-antropofágica: Uma Concepção Contemporânea
ARQUIVO TROPICALISTA: ENTRE A POESIA, A POLÍTICA E A CIRCULAÇÃO MIDIÁTICA

Da Guerrilha Cultural nos Canais do Sistema ao Ministro Hacker
Entre a Luta Armada e o Desbunde: O Tropicalismo e a Política
O Poeta Contemporâneo: A Reinvenção da Baianidade
“Banda Larga Cordel”: A Síntese do Político, do Poético e do Midiático
Produção de Subjetividade: O Movimento do Sujeito da Formulação à Recepção
A VOZ QUE FALA NA VOZ QUE CANTA: METAMORFOSES DO CANCIONISTA

Samba, Bossa Nova, Geração dos Anos 1960: Os Discursos da Canção
O Recado da Síncopa: Da Formação Inconsciente à Formação Social
Mediação / Circulação: O Discurso Mestiço da Canção
Outras Bossas: Linhas Descontínuas do Dizer Convincente
A VOZ QUE CANTA NA VOZ QUE FALA: DO CANCIONISTA AO MINISTRO

Ser Só / Só Ser: O Samba Paradoxal
Gil Contracultural
Tempo Mítico e Cronológico: O Sertanejo Cosmopolita
O Fim da Canção: Crise da Voz que Fala na Voz que Canta
Do Popular ao Pop: Encruzilhada da Canção e da Política
A Voz da Fala do Sujeito Ministro: Atualização da Rede de Recados